Projeto


AgriLogis - Plataforma Tecnológica e Logística Agro-industrial


Enquadramento
A aposta na fileira do olival é absolutamente vital para o futuro do nosso país e a reafirmação do território de intervenção do presente projeto e de Portugal.

Nesta lógica, é fundamental criar um conjunto de condições e mecanismos de suporte que se traduzam em ganhos de competitividade para o setor e para a economia em geral, em particular na facilitação do match entre a oferta e a procura, procurando:
- Responder às necessidades da procura
- Garantir elevados índices de fiabilidade e regularidade na relação Oferta versus Procura
- Diversificar e Aumentar o potencial e a eficiência dos processos de escoamento

Perante o cenário de enorme complexidade é fundamental valorizar o produto endógeno, tendencialmente inimitáveis, criar mecanismos que potenciem a agregação dos produtores, tornando os seus produtos mais visíveis e acessíveis aos consumidores finais e, simultaneamente diminuir os custos de contexto inerente à sua distribuição.

Pelas suas condições paisagísticas, territoriais e edafo-climáticas, o território tem uma forte tradição na produção de qualidade regional com um elevado potencial de dinamização e valorização do espaço rural.

A promoção integrada do azeite, eventualmente complementada com a riqueza paisagística e cultural, irá, certamente, contribuir para a promoção integrada do território.

Assim, quer pela sua endogenidade, potencial instalado, transversalidade territorial ou diferenciação, o produto selecionado como alvo deste projeto, é o olival em Modo de Produção Biológico, cada vez mais procurados por consumidores informados e exigentes, na qualidade e segurança alimentar, vistos já por muitos de uma forma holística com incidência na Europa Central e do Norte, esta forma de produção tem vindo crescentemente a impor-se.

O Modo de Produção Biológico responde positivamente quer às exigências dos consumidores quer à preservação do meio ambiente e da biodiversidade, respeitando profundamente o saber fazer dos agricultores e o futuro da Terra, utilizando técnicas e produtos compatíveis com uma agricultura economicamente viável e com a obtenção de produtos de qualidade.
Contudo, no futuro, pretende-se que esta metodologia seja disseminada noutros produtos e territórios.

O Projeto
O projeto AGRILOGIS tem como principal resultado a promoção e alavancagem da capacidade competitiva da fileira do olival do território de intervenção, através da promoção de condições de produção, operacionais, organizativas e de comercialização que possibilitem um aumento do valor acrescentado ao cliente, seja pela venda do produto pelo seu "justo valor", acrescentando outras caraterísticas de valor (logística e distribuição) e criando massa crítica de produção que permita aproveitar novas oportunidades de negócio. O AGRILOGIS resultará, assim, numa mobilização de atores, recursos e competências diferenciadas existentes nas regiões participantes para a criação e integração de toda a cadeia de valor na fileira do olival, explorando exaustivamente toda a informação disponível por forma a evidenciar as possibilidades de matching entre a oferta e a procura.

Com base nos objetivos específicos definidos, é indubitável que os principais resultados do projeto deverão criar as seguintes vertentes de impacto:
- Ganho de escala de pequenos e médios produtores regionais, fomentando a sua capacidade de negociação;
- Ganho de escala de pequenos e médios produtores regionais, desenvolvendo uma estratégia de compras conjuntas que permita racionalizar os seus custos;
- Agregar e motivar os produtores para a produção de produtos qualificados/certificados e em modos de produção sustentáveis;
- Criação de condições de excelência para a logística da produção, reforçando a capacidade competitiva dos agentes de mercado;
- Desenvolver uma plataforma de e-market que suporte a colocação do produto no mercado em condições competitivas, incrementando a capacidade negocial dos pequenos promotores;
- Promover o empreendedorismo, especialmente jovem, tanto na atividade olivícola como outras de suporte;
- Identificar novos mercados e definir estratégias de divulgação e penetração.

Se atentarmos especificamente a cada uma das atividades do projeto, cada uma delas gerará resultados passíveis de divulgação e disseminação à sociedade em geral e aos produtores, em particular. Dentro dos de maior relevância, tém-se que:
- Criação de uma imagem comum do AGRILOGIS para utilização pelos futuros aderentes;
- Caraterização e conhecimento detalhado da oferta agroindustrial;
- Criação de uma base de dados georeferenciada da oferta, incluindo a caraterização detalhada dos produtos;
- Levantamento da informação e das características entre o sistema de produção e de consumo do Azeite;
- Análise das oportunidades e ameaças à competitividade na cadeia de valor pós-produção do Azeite identificada;
- Proposta de melhoria de competitividade na cadeia de valor pós-produção do Azeite;
- E-marketplace.


 

 

 





Developed by: Guardadigital | 2013